Categoria: Produtividade

Minhas extensões preferidas do Chrome


Fala pessoal, nesse artigo gostaria de compartilhar com vocês as extensões que utilizo no meu cotidiano e me ajudam ficar mais focado e ser mais produtivo.

Propagandas e mais propagandas

Adblock

Uma das coisas que mais me incomoda na navegação e a quantidade absurda de propagandas. Para isso eu utilizo o AdBlock ele é uma extensão que bloqueia propagandas indesejadas em vídeos, posts e na web de modo geral.

Github

Eu adoro ficar olhando projetos open source e contribuir com eles no Github e descobri duas extensões muito interessante para ele.

Octotree

Eu utilizo o Octotree para ter uma visualização melhor dos arquivos, essa extensão me permite criar uma estrutura do tipo tree, e consigo navegar nos arquivos de um modo muito mais fácil.

Refined Github

Também utilizo a Refined Github, essa extensão é do monstro Sindre Sorhus com certeza você usa diversos pacotes e serviços que esse maluco desenvolveu e nem sabe. A proposta dela é refinar e melhorar a interface do Github, permitindo assim ficar mais amigável.

Acessibilidade

Para todos que me conhecem sabem que eu sou um pouco empolgado com acessibilidade e confesso que já testei várias extensões sobre o tema. Até porque no meu cotidiano eu lido com testes não funcionais de acessibilidade então preciso de uma gama de ferramentas para avaliar e utilizar.

AXE – Web Accessibility Testing

O AXE é desenvolvido pelo o pessoal da Deque Systems, é uma ferramenta altamente competente naquilo que se propõe. Possuí um relatório muito conciso dos problemas relacionados a acessibilidade e documentação clara e concisa. O AXE também tem uma versão PRO, onde é possível gerar relatórios das inconsistências encontradas. Recomendo sem medo de errar.

ChromeVox

A proposta do ChromeVox é fazer testes de acessibilidade como se fosse uma tecnologia assistiva como um leitor de telas. Eu gosto de realizar alguns testes rápidos com ele, uma dica que dou é sempre que precisar de validar algo no leitor de tela utilize um mais consolidado como o o NVDA ou JAWS.

Colorblinding

Para validar problemas relacionados a daltonismo eu uso o Colorblinding, por ser uma ferramenta de rápida verificação e ser bastante simples de utilizar ela.

Headingsmap

A estratégia do Headings Maps é bem simples mapear a hierarquia de títulos de um site. Essa extensão é boa porque vai diretamente no foco do teste, certificar se existe inconsistências entre a hierarquia de títulos, sendo ela, um dos fatores de alto impacto na acessibilidade.

NoCoffee Visual Simulator

O NoCoffee é mais uma ferramenta mais robusta que além de reportar problemas de daltonismo, também simula outras deficiências visuais, como: glaucoma e mácula degenerativa.

Inclusive eu gravei um vídeo explicando sobre como usar a ferramenta, você pode conferir no meu canal do Youtube. Aproveita e dá aquele like maroto.

Desenvolvimento em geral

Jira Template Injector

O Jira Template Injector permite criar templates para aumentar sua produtividade com o JIRA é possível criar templates para estórias, bug, spikes e todos os outros tipos de issues do JIRA. Com ele instalado após configurado o template ao criar um bug, por exemplo, ele automaticamente preenche os campos que foram definidos.

Vue.js devtools

Como no projeto que atuo é escrito em Vue, o Vue.js devtools é um devtools digamos vitaminado para aplicações escritas em Vue.

Privacy Badger

O Privacy badger é uma extensão que te ajuda a bloquear sites que rastreiam seus dados sem a permissão dos usuários é ótimo para quem se preocupa com suas informações na web.

Web developer

A web developer é uma das extensões mais antigas que eu conheço. Basicamente ela é um cinto de utilidades com uma séries de verificações bastante útil para quem trabalha com frontend.

Produtividade

Bitwarden

Eu uso o Bitwarden tem pouco tempo, porém, gosto da forma como ele trabalha e organiza as informações. Eu utilizava o 1Password como gerenciador de senhas, mas encontrei o Bitwarden e pelo fato de ser open source adotei ele no meu dia a dia.

Grammarly

A proposta do Grammarly é simples te auxiliar a escrever em inglês sem cometer erros básicos de gramática. Ás vezes, bate aquela dúvida em qual termo colocar, ele traz algumas recomendações de acordo com o contexto da sentença ou frase.

Nimbus Screenshot

O Nimbus eu uso praticamente todos os dias para tirar prints, gravar pequenos videos e editar algumas imagens ele é uma boa ferramenta que me auxilia no meu trabalho como QA.

Notion

O Notion é um dos meus queridinhos, ele é um ambiente com diversos serviços que usamos. Muitos de nós desenvolvedores usamos: trello, todo list, drive, dropbox e uma infinidade de serviços a proposta do Notion é integrar isso em uma única ferramenta para facilitar nosso dia a dia.

Essa extensão é um web clipper onde ele irá guardar links na sua conta do Notion.

OneTab

Eu uso o Chrome e sabemos que ele come uma memória enorme dependendo das configurações de hardware do nossos computadores. A extensão OneTab permite “limpar a memória” assim o Chrome consome menos capacidade e fica mais leve.

Todoist

Eu adoro uma lista de afazeres, já testei diversas e a que eu mais gostei foi o Todoist. Sua configuração é extremamente simples e seu plano pago vale cada centavo. Com ele podemos criar projetos e sub-projetos, colocar prazos para entregáveis e categorização, possuí integração como o Google Calendar que é excelente também.

Conclusão

Essas extensões me auxiliam no dia a dia a me manter mais organizado e você quais extensões tem utilizado? Conta pra mim nos comentários.

Método PARA: a solução para se organizar digitalmente


A cada dia o mundo da tecnologia traz uma novidade e somos inundados com uma quantidade absurda de informações.

Você já parou para refletir o quanto de conteúdo consumimos nas mídias digitais por dia? Quanto tempo gastamos com redes sociais, notícias, jogos e chats com nossos amigos?

Com essa curiosidade em mente um infográfico anual demonstra o que acontece em um minuto na internet, do ano de 2019 pode ser visto logo abaixo.

Chega a ser assustador, não é mesmo? Ao analisarmos o ano de 2018 com 2019 os dados são gritantes:

Colocando ordem no caos

Eu já experimentei alguns métodos de organização pessoal e produtividade. Dentre eles experimentei:

  • Pomodoro;
  • GTD;

Pomodoro

A Técnica Pomodoro é um método de gerenciamento de tempo desenvolvido por Francesco Cirillo no final dos anos 1980. A técnica consiste na utilização de um cronômetro para dividir o trabalho em períodos de 25 minutos, separados por breves intervalos.

A técnica deriva seu nome da palavra italiana pomodoro (tomate), como referência ao popular cronômetro gastronômico na forma dessa fruta. O método é baseado na ideia de que pausas frequentes podem aumentar a agilidade mental.

Ele, funciona muito bem quanto temos tarefas que são bem definidas. Utilizei um bom tempo, porém, sentia necessidade de algo a mais com mais etapas, pois a maioria dos projetos que estou envolvido são complexas e mudam com certa frequência.

GTD

Get things done (GTD) é a metodologia empírica proposta para alívio da dita “memória RAM” do cérebro, onde lacunas, incompletitudes, por fazeres, responsabilidades e outros preocupantes ocupam reiteradamente o foco e a atenção do usuário desta ferramenta. O alívio deste núcleo de atenção, cujos atrasados surgem insistentemente na memória, acarretando culpa e consequente mal estar do praticante.

O alívio por registro (manuscrito, gravação de voz, eletrônico) é a tarefa principal, além na disciplina do cumprimento dos 5 estágios da produtividade (coleção, processamento, organização, execução e revisão periódica), todos os itens estão no estágio executivo, porém a efetividade se conquista no implemento pleno das 5 etapas.

Particularmente eu tentei usar o GTD diversas vezes, mas sempre caia na mesma coisa, muitas etapas e pouca disciplina para cumprir cada etapa para o método funcionar. Talvez eu dê uma chance num futuro para o métodos.

Em minha procura por me organizar estava vendo alguns vídeos sobre o Notion, uma excelente ferramenta para se organizar e armazenar informações me deparei com o método PARA criado por Tiago Forte.

Basicamente o PARA, possuí uma proposta bastante interessante onde ele subdivide todo o método em somente quatro etapas. A palavra PARA é um acrônimo de:

Projetos, Áreas, Recursos e Arquivos, as quatro categorias que abrangem todo tipo de informação que você pode encontrar em seu cotidiano. Abaixo irei explicar o que cada área representa e como devemos proceder em cada etapa.

Projetos

A etapa de projetos é a mais importante no meu ponto de vista nesse método, dela surgem as outras etapas e ações que devemos executar. Podemos até parafrasear a máxima:

defina seus projetos, ou eles definirão você.

Um projeto é série de tarefas vinculadas a uma meta, com um prazo. Ou seja, algo com prazo de validade, finito. O método recomenda elencar os projetos em uma folha de papel e depois exportar ele para todas as ferramentas que utilizamos. Assim, podemos ter clareza do que votar como projeto.

Outra vantagem de fazer no papel é que uma vez definido podemos enviar para as plataformas que temos informações. O PARA oferece o melhor dos dois mundos a consistência da centralização, com a adaptabilidade da descentralização.

Alguns exemplos de projetos:

  • Viagem para Disney;
  • Comprar um novo celular.

Áreas de responsabilidade

Uma área de responsabilidade é uma esfera de atividade com um padrão a ser mantido ao longo do tempo. Em outras sistemas poderíamos chamá-las de categorias.

Alguns exemplos:

  • Saúde;
  • Finanças;
  • Desenvolvimento Pessoal;
  • Viagem;
  • Hobbies;
  • Produtividade.

Recurso

Um recurso é um tópico ou tema de interesse contínuo. Os blocos de informações nessa etapa costumam ter informações valiosas que você pode acessar ao procurar material para uma postagem de um blog, por exemplo.

Alguns exemplos:

  • Música;
  • SEO;
  • Artes Marciais.

Arquivos

Arquivos podemos encarar como portfólios de projetos concluídos, cada um inativo, mas pronto para oferecer material potencialmente útil para reutilizar em projetos futuros.

Alguns exemplos:

  • Site da empresa ACME;
  • Aplicativo em Flutter.

Resumo

O sistema PARA promete ser eficaz e mais claro, como sempre estou experimentando ele. Em breve posto mais notícias de como está sendo a experiência de sua utilização.

© 2021 Bruno Pulis

Theme by Anders NorenUp ↑